Contabilidade Consultiva: Entenda o que é e porque é tão importante

  • por Navecon
  • em

É bem provável que, todo contador já tenha ouvido falar sobre a contabilidade consultiva, ainda que, não saiba ao certo sobre o que se trata.

O questionamento sobre essa modalidade se refere a qual o destaque diante das atividades já desenvolvidas.

E a resposta está na proximidade entre o profissional da contabilidade e os empresários, focando exclusivamente no relacionamento junto ao cliente. 

Na prática, o exercício se refere aos exames, diagnósticos e cuidados com a saúde das empresas com as quais o contador trabalha.

É através da contabilidade consultiva que é possível identificar riscos e oportunidades para definir estratégias de crescimento, além de ajudar líderes e gestores a trilhar o caminho mais viável. 

 

Entenda a contabilidade consultiva

A contabilidade consultiva se trata de uma nova formatação de serviço, visando o melhor atendimento perante dinâmicas de relacionamento atuais junto ao mercado.

Além disso, a atividade objetiva a valorização da parceria entre a empresa e o cliente, ao oferecer serviços diferenciados, técnicos, consultivos e estratégicos. 

O intuito é manter os gestores e líderes constantemente informados sobre os mais diversos aspectos contábeis, que são de extrema relevância para a empresa no sentido de oferecer soluções efetivas a longo prazo.

Portanto, pode-se dizer que é uma gestão realizada através de orientações e avaliações estratégicas.

Neste caso, é papel do cliente, ainda que inconscientemente, fornecer as informações necessários para o andamento e movimentação da empresa.

Por outro lado, o contador deve acompanhar a coleta de dados, visando a promoção de estratégias e ações conforme a necessidade do negócio. 

É comum várias empresas decretarem falência devido à falta de um acompanhamento adequado do profissional competente.

Por isso, se faz necessário o desenvolvimento de mecanismos que atuam no detalhamento do controle financeiro através de ferramentas de gestão tecnológica, que visam identificar as possibilidades de problemas a curto, médio e longo prazo, e assim, pensar em soluções adequadas. 

Compartilhe: